Pavan foi demitido pelas falhas do goleiro Daniel no Inter?

O preparador de goleiros Daniel Pavan foi demitido do Internacional nesta segunda-feira (25). O clube liberou o profissional e especulações sobre a saída dele foram geradas. Nos bastidores, a informação é de que o clube já está reformulando a comissão para 2023.

A demissão de Daniel Pavan levantou a hipótese de que ele foi demitido por conta das falhas do goleiro Daniel, que é o titular de Mano Menezes. Segundo o jornalista Jeremias Wernek, a saída não foi por conta disso.

O arqueiro colorado cometeu algumas falhas na temporada e na última partida, contra o Palmeiras, soltou uma bola pra dentro da área e tomou gol, mas o lance foi anulado. Daniel mostrou que é inconsistente nos últimos meses, mas segue como titular no Inter.

O Internacional não deu um motivo para a demissão de Daniel Pavan e o jornalista Guerrinha explicou que a intenção da direção é se livrar de nomes que fizeram parte de gestões passadas. O clube já tomou medidas parecidas com o preparador físico Cristiano Nunes, atualmente no Atlético-MG.

Outro motivo citado para a tomada de decisão da direção é a intenção de cortar os gastos do clube. Pavan recebia menos de R$ 40 mil por mês, segundo Guerrinha, comentarista da Rádio Gaúcha, que é um dos maiores críticos da decisão do Internacional.

Daniel Pavan deixou o Internacional

Daniel Pavan trabalhou em todas as divisões de base do Internacional e está vinculado ao clube desde 1995. Foi promovido ao grupo profissional em 2013, por Dunga, e virou auxiliar na preparação de goleiros. Em 2015, foi efetivado como preparador principal por Aguirre.

O Internacional está em busca de alternativas no mercado para substituir o preparador de goleiros. A direção deve anunciar um nome nas próximas semanas.

Comentários do Facebook

- Publicidade -