Por que Fabricio Bustos é tão importante na equipe do Inter?

Fabricio Bustos é o titular incontestável da lateral direita colorada. Desde que chegou, participou de todos os jogos e os 90 minutos inteiros, apenas na partida contra o Independiente Medellín que ele saiu para a entrada do Heitor, para descansar. Aqui, falaremos qual a importância do lateral direito no Inter.

As principais características de Bustos são a ultrapassagem (tanto por fora quanto por dentro) e também o jogo associativo (tabelas). Com isso, Mano potencializa esses indicadores dando liberdade para o jogador flutuar pelo lado direito. É ele quem da a amplitude (alargando o campo e a defesa adversária), mas também é ele que pode dar maior profundidade à equipe, recebendo em 1×1 no lado oposto. O modelo de jogo de Mano Menezes propicia isso para Fabricio. Construção pelo lado esquerdo, inversão de corredor para Bustos (em amplitude e por vezes o jogador de mais profundidade) receber em 1×1 ou em uma situação de superioridade numérica (2×1).

Ele é um jogador que chega muito a linha de fundo através da ultrapassagem e tabelas, mas também pisa muito na área, compondo a linha de 5 jogadores no ataque. Seu vigor físico o proporciona maior facilidade em recompor, afastar a bola e chegar a frente (pisando na área adversária) criando uma chance de gol (foi assim contra o DIM).

Além disso, ajuda na construção de jogadas no momento da organização ofensiva na 1ª, 2ª e 3ª fase de construção. Sabendo sair da pressão adversária, sabendo o momento certo para tabelar e controlar a posse, mas, principalmente, do seu passe de fora para dentro. Esse passe acontece para quebrar a linha de marcação e confundir o adversário, isso porque é a intenção de Bustos. Perfilamento corporal voltado para frente e, na hora do passe, gira tronco, quadril e perna para realizar o passe entre as linhas adversárias (foi assim que se iniciou o gol da vitória do Inter x Fortaleza).

Defensivamente, se sobressai, tanto em duelos terrestres, mas também pelo alto (apesar da altura). Isso se dá pelo entendimento de jogo, impulsão e previsão do que o adversário irá fazer no lance seguinte. Tem um ótimo timing para pressionar o adversário, diminuindo o espaço para jogar do oponente. Suas mudanças de comportamento ofensivo-defensivo são essenciais para garantir essa pressão. Além disso, sabe induzir o adversário para o lado onde ele irá conseguir ou desarmar ou bloquear a jogada.

Assim, Fabricio Bustos se destaca como o grande nome do Internacional, tanto em fase ofensiva como em fase defensiva. Lateral que entende o jogo, cria vantagens para si e para companheiros e além do mais sabe o que fazer quando recebe a bola (próxima ação definida antes de receber a bola).

Comentários do Facebook

- Publicidade -