Punição é revelada, Corinthians fica com medo do STJD e Inter observa

O Corinthians anunciou uma severa punição para um crime esportivo cometido recentemente. Contudo, não foi para o caso de injúria racial proporcionado para Rafael Ramos, mas sim para um torcedor alvinegro que utilizou um sinalizador na arquibancada e com isso, está suspenso do programa Fiel Torcedor por um ano

A punição foi anunciada na tarde de quarta-feira (25) pelo Twitter oficial do clube. Segundo o Timão, a identificação do objeto pirotécnico ocorreu logo após o duelo com o São Paulo. Com isso, a suspensão vigorará por um ano. Além de que, o torcedor está proibido de frequentar a Neo Química Arena pelo período de um ano.

A respeito dos atos de injúria racial, o Alvinegro segue em silêncio. Para a direção do Timão, está tudo acertado entre Edenilson e Rafael Ramos, algo que é negado veementemente pelo jogador, que decidiu seguir adiante com as acusações.

Corinthians pode perder pontos no Brasileirão

Depois das acusações de Edenilson surgiram rumores de que o Timão poderá perder pontos na competição nacional, caso as acusações do camisa 8 sejam comprovadas. Até por conta disso, o Corinthians não tem se manifestado sobre o assunto e assim deverá manter o posicionamento até o julgamento.

Nos bastidores, as informações dão conta de que a decisão do atleta de levar o caso adiante irritaram muito os dirigentes alvinegros. Inclusive, o fato pode ter inferido diretamente na negociação entre Inter e Bruno Méndez, já que antes do acontecimento, o clube paulista estava disposto a ceder alguns valores no trâmite.

O julgamento segue sem previsão de acontecer e o último episódio do caso foi proporcionado pelo lateral português, que contratou uma perícia para colher provas de que não profanou a palavra “macaco” para o camisa 8 alvirrubro. Sendo assim, Rafael Ramos segue sendo relacionado normalmente para os jogos do Corinthians, mesmo com a situação estando longe de um ponto final.

Comentários do Facebook

- Publicidade -