Técnico do Colo-Colo está com medo do Inter? Veja o que ele disse

De olho no jogo decisivo pela Copa Sul-Americana, o Colo-Colo encerrou a intertemporada na Argentina e voltou a jogar uma partida oficial no último sábado (18). A equipe ficou no empate sem gols com o Deportes Temuco e o treinador Gustavo Quinteros concedeu entrevista após o jogo.

“Temos de melhorar o nosso jogo coletivo e também o nível individual de alguns atletas. Temos um elenco bom, mas curto, então quando faltam jogadores nós sentimos. Quando faltam dois ou três jogadores nos complica porque temos um plantel curto”, afirmou o técnico.

Nas vésperas do jogo contra o Internacional, Quinteros destacou a necessidade de contar com três reforços para o restante da temporada. Até o momento, a direção do Colo-Colo não trouxe ninguém na janela e a situação preocupa o treinador.

“Eu passo todos os nomes para a direção. Faz um mês que passei, depois acontece a negociação, propostas, contrapropostas. Esse é um assunto dos diretores do clube. Tínhamos três  nomes para contratar e até o momento não chegou nenhum.  Estou preocupado porque não chegaram os jogadores, alguns nomes que indiquei já acertaram com outros clubes”, salientou o comandante.

Colo-Colo quer superar o Internacional

Apesar da falta de reforços, o Colo-Colo está focado na partida contra o Internacional. As duas equipes jogam na terça-feira (28), às 21h30, no estádio Monumental David Arellano, no Chile, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

“Precisamos levantar o nível individual dos jogadores e também recuperar quem ainda não está bem. Teremos um jogo de volta com o Deportes Temuco e depois os confrontos da Sul-Americana. Vamos encarar um rival que não perde há 15 partidas (entrevista concedida antes da derrota para o Botafogo). Ficou mais difícil que na fase de grupos da Libertadores”, comentou o treinador.

Comentários do Facebook

- Publicidade -