Time de Medina quase dorme no ponto, mas vence e sai na frente na Libertadores

Parece que uma separação que aconteceu no começo do ano não fez bem somente para o Internacional. Alexander Medina foi o técnico do Clube do Povo no começo da temporada, porém, seu péssimo desempenho em todas as competições que disputou comandando o time o tiraram do cargo cedo. Agora, com Mano Menezes o Colorado enfrenta outra fase, sem sentir saudades do Cacique.

No entanto, parece que o ex-treinador do time gaúcho também está em boa fase, pelo menos na Copa Libertadores da América. Na última quarta-feira (03) o Club Atlético Vélez Sarsfield, agora comandado por ele, entrou em campo pela partida de ida das quartas de final da competição mais importante do continente e acabou saindo com a vitória sobre o Talleres, encaminhando a classificação.

Porém, o time argentino quase deixou o resultado escapar no final da partida. Dentro dos seus domínios, após abrir dois a zero, com gols de Lucas Janson, a equipe comandada por Medina levou dois gols depois dos 35 do segundo tempo, perdendo a vantagem para a volta.

O jogador Julián Fernández salvou a noite no apagar da luzes, marcando o gol da vitória aos 45 do segundo tempo e fechando o placar, 3 a 2. A partida de volta, que decidirá a vaga nas semifinais acontecerá com mando de campo do Talleres, que precisa de uma vitória simples para levar a partida para os pênaltis. Um empate classifica o time de Medina para a próxima fase.

Inter também está melhor sem Medina

O Internacional tem partida importantíssima na próxima quinta-feira (04), quando vai até o Peru para enfrentar o Melgar, às 19h15, na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana, torneio que o Clube do Povo aspira vencer neste ano. O Colorado inclusive está em ótima fase na temporada, ainda vivo no continental e com boa sequência no Campeonato Brasileiro.

- Publicidade -