Yuri Alberto fica “livre” e pode voltar ao Internacional

O conflito no leste europeu, entre Rússia e Ucrânia, terá influência no futebol dos dois países. Por conta dos ocorridos, os atletas estrangeiros poderão ter o contrato suspenso para assinar com qualquer equipe até junho de 2022.

Na Ucrânia, vários jogadores já deixaram o país e estão em busca de um novo clube. O atacante Vitinho, do Dínamo de Kiev, é um dos que interessa ao Internacional e também está na mira de outras equipes brasileiras.

Na Rússia, a situação é um pouco mais tranquila e não são todos os jogadores que sairão dos clubes com a possibilidade. Junior Alonso e Wanderson, do Krasnodar, aproveitaram a suspensão dos contratos e são cogitados no Colorado, porém a tendência não deve se repetir no Zenit.

O atacante Yuri Alberto está no clube russo, logo após ser vendido por 25 milhões de euros, e deve permanecer mesmo com a possibilidade de saída. O atleta está em alta no Zenit, com cinco jogos e três gols desde a chegada.

Existia um boato sobre a possibilidade de retorno do centroavante ao Internacional, porém a medida não deve acontecer. O conflito armado entre os dois países não está colocando Yuri Alberto e os outros jogadores do Zenit em risco, então todos devem permanecer treinando normalmente.

Yuri Alberto pode sair do Zenit?

Diretor da associação de jogadores russa, Aleksandr Zotov concedeu entrevista à imprensa local e falou sobre a possibilidade de empréstimo dos atletas estrangeiros até o final do ano. A medida ainda não foi adotada pela Fifa, mas deve ser anunciada em breve.

“Como Krasnodar fez agora. Ou como, por exemplo, quando um jogador de futebol sai por empréstimo. Contratos suspensos apenas até junho de 2022”, comentou Zotov.

Comentários do Facebook

- Publicidade -