Mesmo rebaixado, dirigente do Grêmio chama o Inter de “tampinha”

Vice-presidente de futebol do Grêmio, Denis Abrahão concedeu entrevista coletiva após a vitória do Tricolor em cima do São José por 2 a 1. O dirigente minimizou as vaias que foram feitas e valorizou a torcida do clube.

Na declaração, Denis Abrahão acabou cutucando o Internacional. O dirigente comparou as duas torcidas e diminuiu o Colorado, chamando o clube de “tampinha”.

“A razão da existência de tudo isso da grandeza do Grêmio: o seu torcedor. Quem construiu a grandeza do Grêmio foi seu torcedor. Quem se tornou 10 milhões de torcedores não foi o tampinha, foi o Grêmio”, disse Abrahão.

“Hoje nós vimos a torcida apaixonada. Não é por acaso que a torcida do Grêmio é a maior do estado, e está longe do segundo. 10 milhões de torcedores o Grêmio tem, no mínimo”, completou.

O discurso do dirigente levantou a ideia de superioridade e mostrou arrogância. Contrariando as falas de Abrahão, o Grêmio foi rebaixado para a Segunda Divisão pela terceira vez e vive um dos piores momentos de sua história.

Em confrontos diretos, o Internacional ganhou mais grenais, porém o dirigente gremista insistiu na ideia de que o Colorado é o “tampinha” e o Grêmio é o maior do estado.

Rival do Inter: Grêmio não tem estádio

O jornalista Farid Germano Filho revelou que o Grêmio rompeu com a Arena e ficará sem estádio. O comunicador deu a notícia através de seu canal no Youtube. Caso a informação seja verídica, o Tricolor terá mais um problema para enfrentar durante a Série B.

“O Grêmio rompeu com a Arena. Eu vou buscar mais detalhes nos próximos dias de como aconteceu isso. Só que isso pode trazer muita dor de cabeça para o clube. Aliás está trazendo internamente”, afirmou o jornalista.

Comentários do Facebook

- Publicidade -